CPW

 
 
You are here:: O Westie Comportamento
 
 

Comportamento

E-mail Imprimir PDF

Com crianças: Carinhoso, brincalhão e dócil. Seu lema é: "se me respeitar, eu te respeito". Com crianças educadas a brincar de forma comedida, o Westie é ótimo: dócil e divertido. Mas se atazanado, pode desde fugir dos baixinhos, até rosnar.

Com os donos: Um verdadeiro sonho.

É apegado com o dono e a família, mas não grudento. Gosta de acompanhar a rotina da casa e de estar onde estão as pessoas, mas normalmente não fica solicitando atenção em demasia.

Atividade: É ativo, não elétrico.

Dá uma corridinha pela casa, aí vai brincar com seus brinquedo, pega a bolinha, empurra a blonha, volta com a bolinha e esquece a bolinha. Pronto. Sossegou. E, se estimulado, tem mais cinco minutos de euforia e sossega de novo.

Aprendizado: Nota 10.
É muito observador. Aprende logo a associar causa e conseqüência: o dono pega a chave, ele já corre para a porta, e coisas do gênero. Também sabe resolver problemas: o osso entrou debixo da geladeira, tenta tirar com o focinho. Não deu, tenta enfiar a pata da frente. Não deu, enfia-a de lado. Não deu, late para o dono.

Com outros animais: Juntos desde cedo 10.
Se criado junto, desde pequeno, a tendência é dar supercerto. Mas um Westie adulto não acostumado com os outros bichos, como gatos, aves e roedores, tende a gerar problemas. Quanto à outros cães, a regra é a mesma, sendo que entre dois machos o risco de encrenca é maior.

 
 
 
 
casus telefon
casus teleon
casus telefon